sábado, 27 de junho de 2015

Mangás: traços e estilos | Fênix no Sekai

Mangá: traços e estilos!
 
Ao que tudo indica, a partir desta semana, terei de postar todo sábado, então é melhor se prepararem mentalmente para os meus posts (-q).
   Pelo título, vocês já devem saber o que eu vou falar, mas mesmo assim anuncio: Traços e estilos dos mangás. Existem milhões de traços e bilhares de estilos, mas existe uma certa "generalização" para os mesmos. Não que eu esteja dizendo que todos os traços de um determinado gênero sejam iguais, e sim que se assemelhem, pois os autores já estão acostumados com esse padrão. Vamos aos tópicos, quais os gêneros que dividem os traços?
O primeiro que vou citar é um bastante popular entre os fans da cultura pop e otaku, que é o Shounen. Shounen (Literalmente traduzido para "garoto"), é um gênero que visa a população mais jovem da atualidade como público alvo, tendo animes/mangás como One Piece, Naruto, Dragon Ball, e outros em seu contorno. Talvez o traço mais variado dentre os gêneros, afinal cada autor tem um traço apropriado, mas sempre trazendo personagens mais novos, pois é isso que o público quer.

Mangá de Katekyo Hitman Reborn.

O próximo é um bem polêmico, as vezes uma variação do Shounen, que é o Ecchi. Prevejo fanboys vindo reclamar do que estou prestes a falar, mas o que digo não é opinião, é fato. A maioria dos ecchis tendem a trazer um traço parecido, quase plagiado, com cenas repetitivas e personagens totalmente erotizadas. As vezes chega a ser ridículo ao nível de estilização apenas presente nas tetas das personagens, mas como tem gente para tudo, quem sou eu para falar algo...
"Ecchilização" da Maga Negra de Yu-Gi-Oh!
Existem também os Seinens, e que, na minha opinião, são os melhores traços. Não apresentam um traço muito estilizado como a maioria dos mangás, e sim um traço suave porém com um toque realístico na sua composição, trazendo assim uma sensação de "realidade imersiva" para o leitor. Claro que não são todos, mas a maioria é desta forma.
Capa do mangá Tokyo Ghoul.
Outro gênero que tende a repetir traços é o Moertandela. Não vou dizer que os traços me agradam, mas são bem fofos. O traço Moe é feito para dar ao leitor a sensação de fofura que os carentes tanto procuram, garotas bonitinhas fazendo coisas bonitinhas vivendo num mundo bonitinho, ou como a maioria dos otakões chamam, "kawaii".
Exatamente como mencionado no texto acima. Cena retirada de K-ON, e utilizada em um meme.
E é nesse ponto que os fans de anime se dividem. Já vi muito fan de Shounen ou Moertandela falarem que esse gênero é ridículo, mas eu acho mais fundamentado que qualquer outro, apesar de conter romance. Você que manja dos gêneros, já deve saber de qual eu estou falando, sim isso mesmo, é o Shoujo. Eles costumam trazer os desejos das mulheres (Assim como o Shounen, os desejos masculinos), sendo a maioria com um contexto romântico. Muitos tendem à fazer um engano, dizendo que todos os Shoujos são de romance, mas é verdade que a maioria é. Os traços tendem a mostrar garotas mais fiéis a realidade (Nada de tetões -qq) e garotos, no mínimo "legais" (Não sou Henrique pra ficar chamando homem de bonito -qqqq).
Ookami shoujo to kuro ouji.
Por fim, eu gostaria de comentar sobre algumas "mudança de traço" que os mangás sofrem ao serem adaptados para anime. Alguns, a mudança chega a ser ridícula.
Imagens são mais úteis que palavras, em alguns casos: 


Acho que nem preciso falar que isso é péssimo não é? é verdade que certos traços são indefinidos, mas alguns são até bons e acabam estragados, como por exemplo Aku no Hana: 
Mangá
Anime

Melhor eu ficar calado mesmo....

Bem, foi somente isso, até o próximo sábado. Eu e o Lúcio estamos planejando fazer um post explicativo e opinativo sobre Monogatari Series e Shingeki no Kyojin, trazendo a sinopse, análise (Gráfica e histórica) e também curiosidades sobre os dois. Vou me esforçar até lá, e espero que tenham gostado do post, até! ^^

0 comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...