domingo, 8 de maio de 2016

(Comentando) Jojo no Kimyou na Bouken: Diamond wa Kudakenai - episódio 5


Olá, aqui quem vos escreve é Lyonel-kun. Como por motivos de força maior não pude fazer os comentários na última semana, desta vez vou fazer um resumaço do episódio em questão para acelerar as coisas, vai ser bem mais mais rápido do que o habitual, mas eu já estou atrasado um episódio então não tem jeito. Como sempre  estejam preparados para muitos spoilers sobre o episódio em questão. Já avisados, vamos à análise:

Começamos o episódio 5 vendo mais uma vez a derrota de Trilhão, após isso Koichi insiste em procurar pelo arco e flecha escondido para destruí-lo afim de evitar que fosse usado novamente em alguém, Josuke mesmo ferido decide acompanhá-lo após constatar a coragem(ou imprudência) de Koichi.  

Mas quando encontram o arco, descobrem também uma criatura acorrentada...



...pois é, quando supus na última análise que trilhão poderia estar em busca da possível cura de alguém eu estava...terrivelmente errado, o que ele realmente quer é uma Stand poderosa o suficiente para matar o próprio pai, que teve células do Dio implantadas nele, lembrando que kakyoin e Polnareff na temporada anterior também tiveram sementes de carne semelhantes implantadas neles e quem as retirou foi Jotaro com seu Star Platinum.

O monólogo de Trilhão sobre a história de seu pai, como ele batia nos filhos e era basicamente um cuzão foi bem esclarecedor sobre a formação do personagem, já os motivos de Dio ter implantado uma semente de carne no pai deles são um mistério que provavelmente o autor não se importará em revelar...além disso, bem...se eles só querem matar o pai, seja como vingança ou forma de acabar com seu sofrimento, porquê não usar o The Hand do Okuyasu para faze-lo desaparecer? Se nem o próprio Okuyasu sabe onde vão parar as coisas que ele "apaga", isso deve caracterizar que tudo vai para outra dimensão ou simplesmente some de vez certo?  Em qualquer um dos casos, isso não seria caracterizado morte? Eles só precisariam "apagar" ele inteiro de uma vez. Será que não pensaram nisso...ou pensaram demais nas possíveis definições do que pode ser considerado morte ou não? De qualquer forma, vou considerar como um ligeiro deslize do autor nem ao menos ter mencionado a possibilidade. :v

Depois disso vamos para a parte sentimental do episódio, quando descobrimos o motivo para o pai do Trilhão ficar sempre remexendo naquele tal baú.



O papai Nijimura ainda tem memórias da família, a trilha sonora fica emotiva, todo mundo chora e os espectadores vão ao delírio. Quando Josuke oferece sua ajuda e Okuyasu tenta convencer o irmão a desistir do arco vemos o segundo e mais importante passo para a aproximação deles(Okuyasu e o resto da trupe protagonista). Entretanto Trilhão não pretende desistir.


Após algumas ameaças de Trilhão à Okuyasu, eles são atacados por uma Stand elétrica que sai da tomada, é quando a grande revelação do episódio é feita...


Keicho!! É esse o nome do Trilhão. Se bem que...ele sempre vai ser Trilhão no meu kokoro...ainda mais agora que ele virou churrasquinho.


Adeus Trilhão. Sua participação foi rápida, mas você foi um vilão muito interessante.

Depois do usuário do Red Hot Chili Pepper( a Stand elétrica) fazer uma ligação ameaçando Jotaro vemos Okuyasu sendo introduzido formalmente pela narrativa como "amigo do protagonista".



Foi um episódio bastante emotivo, oque pode até render alguns elogios quanto a motivação de personagens, o arco e flecha continua representando um perigo, agora nas mãos de um novo vilão e  o mais importante, agora Okuyasu está entre os protagonistas  oque é muito legal na minha opinião, eu gosto do The Hand e claro do próprio Okuyasu. No geral eu gostei do episódio, apesar de achar o lado emocional um tanto quanto fraco, mas isso é só opinião pessoal.

Por hoje é só. Até a próxima. o/ 

0 comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...